Home Eterna Vigilância Ataques racistas e a reação militante: se ser negro é “virtude”, ser branco é “vício”?